A Linha Cruzada do Isaac

 Ééééééé issso aíííííí´Peoples!!!!

 Mais um post (atrasado, olhem só!) nessa semana. Eu sou Fabrício Barros e este é o Catadores de Relíquias indo às profundezas com o pequeno Isaac, no jogo The Binding of Isaac.
Lembrando, que você pode se inscrever no feed do blog, no botãozinho aqui ao lado direito do seu monitor e sempre ser atualizado sobre novos posts que estão saindo; se quiser ou puder curta nossa página no Facebook : https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias; deixe seu comentário aqui ou no nosso e-mail: catadoresdereliquias@hotmail.com.
Vamos agora ao porão!



The Binding of Isaac é um jogo independente, criado por Edmund McMillen e Florian Himsl. No ano de 2011 o jogo foi lançado na plataforma Steam, tem uma história original, para algumas pessoas que conversei até meio agressiva e um visual único. O estilo do jogo é muito parecido com os Zeldas mais antigos, até pelo tipo de visão e a divisão em salas para se explorar e enfrentar inimigos.

Jogando:

Você controla Isaac, pelado (ou nu se você preferir) e chorando, em suas andanças por, inicialmente, um porão com inúmeros seres deformados. Você controla Isaac pelas letras WASD no teclado e atira com as setas direcionais (ele atira lágrimas nos inimigos, o que é meio emo, mas tranquilo na situação dele) ele é como um tanque, a cabeça se move independente do corpo, o que apesar da impossibilidade física, permite que você possa correr para um lado e atire para o lado do inimigo que o está perseguindo sem muitas complicações, por exemplo (e que te ajuda para caramba). Tive minha estranheza inicial mas hoje eu vejo como liberdade de movimentação, e que só adiciona ao jogo. Os mapas do jogo são criados randomicamente, tanto as disposições de salas no mapa geral, quanto como elas são sala por sala, o que torna jogos sempre únicos.
Conforme você avança no jogo você consegue alguns upgrades, apesar de visualmente estranhos como o batom ou a calcinha da mãe de Isaac, que se tornam itens de coleção e que você pode ver no menu inicial, são dezenas.Além de destravar segredos quando se atinge algum objetivo, seriam os Achievements do jogo. 


História:

Isaac e sua mãe vivem sozinhos em uma pequena casa na colina
Isaac se desenhava fazendo desenhos e brincava com seus brinquedos
Enquanto sua mãe assistia programas religiosos na televisão
A vida era simples, e ambos eram felizes
Isso foi até o dia que a mãe de Isaac ouviu uma voz, de cima:
'Seu filho se tornou corrompido pelo pecado, ele precisa ser salvo"
"Eu farei o meu melhor para salvar ele, meu senhor", respondeu a mãe de Isaac
'Corre para o quarto de Isaac, removendo tudo que é mau de sua vida"
Algum tempo depois, de novo a voz a chamou...
'A alma de Isaac ainda está corrompida,ele precisa ser afastado de tudo que é mau neste mundo...e confessar seus pecados"
"Irei seguir suas instruções senhor, eu tenho fé nelas", respondeu a mãe de Isaac.
Então ela trancou Isaac em seu quarto, longe dos males do mundo.
E pela última vez, a mãe de Isaac ouviu a voz chamando por ela:
"Você fez como eu pedi, mas eu ainda questiono sua devoção a mim, para provar a sua fé eu pedirei mais uma coisa a você"
"Sim, meu senhor, qualquer coisa", implorou a mãe de Isaac.
"Para provar seu amor e devoção, eu exijo um sacrificio... seu filho Isaac, será esse sacrificio... vá até seu quarto e acabe com sua vida, como oferenda a mim para provar que me ama acima de qualquer coisa"
"Sim senhor", ela respondeu, segurando uma faca de açougueiro da cozinha
Isaac assistindo por uma rachadura em sua porta... tremendo de medo
Se debatendo ao redor de seu quarto procurando um lugar pra se esconder... ele nota um alçapão para o porão escondido abaixo de seu carpete.
Sem hesitar, ele abre a escotilha bem no momento que sua mãe arrebenta sua porta e se joga para as desconhecidas profundezas abaixo.

Essa é uma tradução (se estiver ruim me desculpem,ou não) da abertura do jogo (que também está aí em cima pra você assistir) e sinceramente ela dá toda a idéia do jogo: Você está tentando sobreviver fugindo da mãe de Isaac, que após ouvir uma voz superior, tenta assassinar o próprio filho, oferecendo-o como sacrificio. A ideia é sobreviver até o final, onde o inevitável confronto entre os dois ocorre. Para muitos é uma história definitivamente agressiva, principalmente com as semelhanças, ou referencias, à histórias bíblicas.
Em minha opinião, a história, independente de quão profundo ela provoque ou a quem ela provoque, não influencia no jogo em si, nesse caso ela te dá uma situação inicial e previsivelmente você já sabe que enfrentará a mãe de Isaac no final, até ai tranquilo (isso levando em conta que para mim ao menos, as referencias ou citações religiosas não influenciam, apesar de interessantes da maneira como foram usadas) . A situação dele é escrota e horrível, sim é, mas é justamente indo em frente e se tornando mais forte que as coisas podem melhorar.No final das contas você percebe que a história é só uma pitada de tempero no conjunto.

Replay:

Aí chegamos num ponto que divide um pouco as pessoas que já jogaram.
Você não tem checkpoints, ou savepoints durante a jogatina, sua vida pode ser aumentada com alguns upgrades, mas se você morrer no último andar por exemplo, seus upgrades são adicionados à coleção e você vai começar novamente tudo do inicio. Sinceramente eu fiquei um pouco frustrado no começo, mas depois desencanei. Já tenho algumas dezenas de horas no jogo e não zerei ele nenhuma vez, e isso não é um ponto negativo, ao contrário, me tirou o compromisso de acabar o jogo (que esqueci de falar que  tem em torno de 13 finais, isso não considerando a DLC, Wrath of the Lamb) além de mais personagens que podem ser disponiveis realizando alguns requisitos.

Finalmentes:

The Binding of Isaac é um jogo que eu pessoalmente recomendo pela diversão descompromissada que ele oferece, se você é daqueles que jogam pelo desafio de completar tudo, ele vai ser um desafio considerável, se você quer só se divertir por um tempo ele é bem vindo mesmo em jogadas mais curtas. Não é um jogo perfeito, mas se encaixa no perfil de qualquer tipo de jogador. Além de ser barato, quando comprei o jogo ele saiu por R$ 8,49, o DLC (que adiciona muita coisa), custou R$ 1,89, pelo que me lembro na Steam (beijos Steam, sua linda).

Quero agradecer a todos pelo apoio, que vocês possam dar uma chance a esse jogo, se divirtam e é isso aí. Obrigado e BYE!

PS1: Se houver algum erro sobre o jogo no post, comentem para que eu possa corrigir. Thanks.





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

S04E07 - Rádio dos Catadores (com muito Errê)

Aviso Aos Navegantes!!! Novidades À Vista !!!!

Review no Porão 04 - 7 Wonders