Rélouin - Bruxas, bruxinhas e bruxonas - Parte 1

Bom dia, boa tarde, boa noite, humanos tolos!
Eu sou Fabrício Barros e este é o Catadores de Relíquias fazendo poções do amor, com rabo de lagartixa, olho de morcego e um pinguinho de essência de lumbago (pra dar gosto). Indo saber mais sobre as bruxas, quem são, onde vivem, como se reproduzem, tudo isso no Glob... (opa! programa errado!).
E hoje temos novidade (êêêêêê!), nosso e-mail mudou (e você pensando em algo realmente melhor que um e-mail tsc, tsc, tsc...). Agradecemos a quem deu seu feedback no e-mail antigo,mas agora temos o contato@catadoresdereliquias.com.br onde você pode xingar, gritar, berrar, ou só dar sua sugestão também se você não for tão exagerado. Curta também nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias e se puder deixe seu cometário aqui no blog mesmo, logo abaixo dessa postagem.
Ao caldeirão furado!

Deixemos CLARO:
Estamos usando o termo bruxa de maneira ampla, não restrita, abrangendo até as feiticeiras/magas que já foram apresentadas em alguma mídia. Bruxas fazem feitiçaria/magia/bruxaria e até uns chás bem maneiros.



E começamos com uma das mais clássicas bruxas, a rainha má da Branca de Neve!
Cheia de inveja e maldade no coração ela planeja matar Branca de Neve com uma maçã envenenada, se transformando numa velha indefesa para se aproximar da bela donzela.
Curiosidade: Em alguns contos mais antigos, Branca de Neve não era envenenada pela maçã enfeitiçada, mas se engasgava com o fruto entregue pela rainha má, disfarçada de velha e caía desfalecida, sendo salva pela carruagem do príncipe que balança a ponto da donzela se desengasgar. A versão de Disney introduziu a ideia do beijo de amor que acordaria Branca de Neve. (pessoalmente prefiro a versão Disney).


Nossa segunda celebridade bruxal, se podemos assim dizer, é a Bruxa do Mar.
Navegando em seu navio o "The Black Barnacle", ela viaja pelos sete mares roubando e pilhando os navios que encontra usando seus poderes mágicos; quando pode engana os marujos inocentes se transformando numa bela jovem, chamada de "Rosa do Mar". Enfrentou Popeye diversas vezes, se dando mal em todas e correm boatos de que ela teria arrancado o olho do Vovô Popeye numa terrivel batalha (quem sabe né?).


Indo para o cinema, Bete Midler, no filme Abracadabra (1993), que passou muito na Sessão da Tarde e no Cinema em Casa nas tardes juvenis dos anos 90. Ela  era Winifred "Winnie" Sanderson, uma das três irmãs bruxas que viviam em Salem, preparando poções e atraindo inocentes para seus rituais.Um bom filme pra colocar para seu sobrinho pequenino assistir.
Curiosidade: As histórias de bruxas isoladas em casebres, planejando e fazendo maldades vem de muito antes de qualquer conto dos irmãos Grimm, antigamente várias famílias viviam parcialmente isoladas, tendo de atravessar regiões de floresta fechada para comercializar nas cidades próximas. A ideia era fazer com que as crianças não se afastassem para a floresta pois poderiam ser mortas por predadores. 


 Ela... A Rainha das Trevas! Elvira!
Sim, pessoas! Essa lista não estaria completa se Elvira não estivesse aqui!
Um filme de 1988(que passava tranquilamente na Sessão da Tarde, mas que hoje não passaria pelo filtro de politicamente correto, bons tempos), em que uma anfitriã de um programa de baixo orçamento sobre filmes de terror, recebe uma herança de uma tia distante, indo parar numa cidadezinha de Massachusetts onde vai começar a buscar seu sonho de estar num show em Las Vegas. (você me pergunta o que isso tem a ver com bruxas, ou magia... assista o filme).
Curiosidade: Cassandra Peterson, atriz que interpretava Elvira, na adolescência foi uma go-go Girl num bar gay de sua cidade e sempre foi atraída pelo tema terror, desde criança. Atualmente tem 62 anos (e um sorriso lindão).


 Alguém se lembra da camponesa-simples-de-nobre-coração-que-vai-todos-os-dias-ao-bosque-recolher-lenha? Em 1976, Chapolin Colorado vinha em socorro da donzela que não queria se tornar noiva do ogro, filho da bruxa da floresta: a temível Bruxa Baratuxa. Com sua varinha mágica e seu encanto-trava-língua-que-até-hoje-não-consigo-repetir, deu trabalho para o Vermelhinho.
Curiosidade: A "palavra cabalística" da Bruxa Baratuxa, Parangaricutirimírruaro, é realmente um trava-lingua em referência a cidade mexicana de Nuevo San Juan Parangaricutiro. (não contava com a astúcia deles!).


 Um lugar para o folclore nacional! Aqui chamamos ela! A Cuca!
A Cuca originalmente é descrita como uma velha horrenda com traços de jacaré, que rapta crianças levadas. Monteiro Lobato, no conto "O Saci", de 1921 descreve-a como uma bruxa velha, com rosto de jacaré e garras compridas como gavião. A televisão adaptou o ser de diversas maneiras, nas séries do Sitio do Pica pau Amarelo. Para os dicionários ela entra na mesma categoria do bicho-papão, algo que é usado para as crianças choronas que não querem dormir ou obedecer.
Curiosidade: A origem da lenda está num dragão, a Coca (não a Coca-Cola...) das lendas portuguesas, que foi trazida ao brasil durante a colonização.

 O mundo mudou depois de Harry Potter, do mundo dos bruxos e dos trouxas e de toda fantasia criada pela autora J K Rowling, mas quem entra em nossa lista, não é Harry Potter, aquele com a marca de relâmpago na testa de quem vamos falar... Vamos falar sobre Hermione Granger! A bruxa-maga-linda amiga d' Aquele Que Sobreviveu. É uma aluna aplicada, inteligente e esperta, filha bruxa de pais trouxas e é fiel aos seus amigos usando tudo que sabe em prol do grupo e de Hogwarts.
Curiosidade: O nome da personagem, vem de uma personagem do Conto de Inverno, de William Shakespeare. Hermione seria também a forma feminina do nome do deus grego da eloquência Hermes.


 Não precisa olhar assim, Dona Clotilde, não esqueceríamos de um dos bastiões do mundo bruxistico nas tevês mexicanas, brasileiras e afins. A Bruxa do 71. Apaixonada pelo Seu Madruga e mau afamada como bruxa da vila, a senhora queria somente curtir um amor com "seu Madruguinha", ao lado de seu bichinho, o Satanás. É na verdade uma pessoa bondosa e humilde, que nunca se achou superior aos vizinhos (não é, dona Florinda?).
Curiosidade: Angelines Fernandez, interprete da Dona Clotilde na série, era de Madri, a única espanhola do elenco de Chaves. Morreu aos 71 anos, devido ao excesso com fumo.

Simsalabinalmentes...

Demos uma corrida mostrando algumas bruxas natas (ou só de cargo mesmo) que passaram pela vida de muita gente na TV, cinema e afins, mas como está escrito no titulo deste post, esta é a parte 1 (hum) desta lista. Completaremos essa lista o mais breve possível (e isso não é daqui um ano). Se esquecemos de alguma bruxa/feiticeira/maga que deveria estar aqui? Sim, esquecemos e/ou ainda não colocamos. Se estiver incomodado, sinta-se a vontade para nos escrever e enumerar quem falta. No começo do post temos toooooodos nossos contatos.

Comam doces e façam travessuras (seja lá o que isso signifique pra você). Obrigado pelo apoio, pela fidelidade e pelas criticas, que são mais do que bem vindas, pois nos fazem corrigir erros e melhorar.
Valeu e BYE!

Agradecimentos sinceros a Chespirito.wikia e à mãe (porque o pai, é o dicionário) dos burros virtuais, a Wikipédia e minha memória.











Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

S04E07 - Rádio dos Catadores (com muito Errê)

Aviso Aos Navegantes!!! Novidades À Vista !!!!

Review no Porão 04 - 7 Wonders