sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Quase Semi Profissional # 18 - Sobre Jumpstart!

Uma coleção voltado para um jogo mais rápido e prático de se acessar, Jumpstart tem uma premissa interessante, podendo atrair jogadores novatos para o hobby e jogadores mais velhos que podem gostar de competir num formato selado, usando as cartas da coleção. Hoje quero começar a falar sobre isso. Então chega mais e  para jogar com Thrulls e Saprófitas!


Aqui trouxe o texto traduzido do artigo da Wizards, é uma tradução livre do texto:

"Jumpstart é uma nova maneira de jogar Magic, que reúne temas de toda a história do jogo e permite pular a parte da construção de deck (o deckbuilding). Se você mal pode esperar para que os piratas entrem na batalha contra os unicórnios, junte dois boosters e siga em frente. Se você absolutamente precisa misturar os maiores males do multiverso, gatos e Phyrexianos estão esperando por você.

O Jumpstart pega as melhores partes do Limitado e Construído e os funde em uma experiência de jogo dinâmica e inovadora.

Na sua fundação, o Jumpstart é simples. Pegue dois boosters, embaralhe-os juntos e você está pronto para jogar. Mas um olhar mais atento revela uma experiência de jogo complexa, diferente de tudo no Magic.

Os temas de cada booster variam do familiar ("Garruk") ao curioso ("Doutor"), e dois temas às vezes se reúnem para formar uma improvável confusão ("Doutor Garruk"). Se você sempre quis fazer um baralho de  Gatos Piratas... bem, essa é a hora. Existem até pacotes especiais "Mythic Rare" que não apresentam variações - apenas a lista de uma única carta - porque existe apenas um verdadeiro baralho de Unicórnios. (confesso que fiquei confuso, vão existir boosters, exclusivos fora os da box normal? Unicórnios por causa das cartas de My Little Poney? Foi uma piada mal traduzida? Não saberemos até mais informações chegarem)

Funciona assim: Cada booster de Jumpstart inclui 20 cartas. Todas as 20 cartas se encaixam em um tema, e a maioria dos temas tem várias variações - o suficiente para tornar possíveis 121 listas de 20 cartas dentro de um determinado pacote.

Cada booster contém 20 cartas centradas em um tema. O tema que cada booster contém é aleatório, mas cada 20 cartas temáticas serão seladas dentro do baralho.

Um em cada três boosters inclui uma carta extra rara.

Está repleto de reimpressões - quase 500!

Cada pacote inclui um terreno básico com arte que corresponde ao tema do pacote. Alguns deles usam terrenos vindos de M21, mas a maioria deles usa terrenos novinhos em folha criados para o Jumpstart.

O Jumpstart introduz 37 novas cartas no jogo. Não serão cards legais no  Standard, Pioneer ou Modern. Eles são legais em Legacy, Vintage e Commander.

Apesar de estar proximamente ligado ao Core Set 2021 - eles compartilham muito conteúdo e são lançados próximos um do outro -, mas o Jumpstart é um produto independente.

Todas as cartas são válidas em formatos Eternos (Legado, Vintage e Comandante)

E como os Pré-lançamentos são divertidos, realizaremos um Pré-lançamento para o Jumpstart de 20 a 21 de junho! Verifique com as lojas locais se você pode se inscrever em um evento de Jumpstart.

O Jumpstart será lançado oficialmente em 3 de julho.

Também planejamos trazer essa divertida experiência de jogo para o MTG Arena ainda este ano! Os cards de Jumpstart no MTG Arena serão legais no Histórico.

Pré-lançamentos de Jumpstart serão executados o dia todo. Cada jogador receberá dois boosters do Jumpstart para criar um baralho e então eles apenas jogarão. Jogue partidas suficientes e receba uma carta promo. E se você quiser voltar? Ei, vá em frente. Você pode até ganhar outra promo.

Tire a poeira de seu playmat e venha participar de Jumpstart, a partir de 3 de julho."



 O Artigo :https://magic.wizards.com/en/articles/archive/news/introducing-jumpstart-new-way-play-magic-2020-02-20

Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

Dragon Quest: Your Story e a Sua História

(TEM SPOILERS! CASO QUEIRA LER ESSE TEXTO DEPOIS DE ASSISTIR, FIQUE A VONTADE, MAS NÃO DEIXE DE SALVAR SEMPRE QUE POSSÍVEL) 

(ESSE TEXTO TEM UMA OPINIÃO PESSOAL SOBRE A OBRA, CHEGA MAIS SE TIVER DÚVIDAS, RECLAMAÇÕES OU OFENSAS SOBRE O ROLÊ)

Eu nunca joguei algum Dragon Quest na minha vida.

Minha vida gamer, por assim dizer, viveu cheia de Final Fantasy e outros RPGs menores que jogava numa locadora que ficava perto de casa. Final Fantasy 7 por exemplo, eu acabei numa locadora, depois de várias dezenas de horas e muitos Memory Cards que seguraram o tranco por muito tempo.
Só descobri que Fly, que passava nas saudosas manhãs de sábado no SBT, tinha algo a ver com Dragon Quest muitos anos depois e isso não mudou minha vida de maneira alguma. E hoje assisti Dragon Quest: Your Story pela Netflix...Que só descobri depois de uma pesquisa rápida no Google, que o longa adapta Dragon Quest V, de 1992. Nada ainda. Mas antes de sair bufando por não ter sentimentos pela franquia, continua comigo mais um pouquinho, me deixa falar sobre Your Story.


Esse longa conta a história de Luca, que luta contra as malignas intenções do Bispo Ladja, enquanto cresce, evolui, herda vontades e cria grandes aliados num mundo medieval fantástico, tudo característico da série Dragon Quest. Uma aventura que você como espectador acompanha desde Luca menino até adulto. Ele se casa, tem um filho... Mas tudo isso poderia ser só mais uma aventura genérica que os mais apressadinhos podem desistir de acompanhar, procurando histórias mais inovadoras ou diferentonas na plataforma de streaming.

 Todo o visual do longa é bem bonito, acompanhando a evolução gráfica da própria série de jogos, e as músicas fazem menções a coisas dos jogos, a música de triunfo ou uma melodia mais triste podem ser coisas que fãs mais ardorosos consigam identificar. Eu conheço uma ou outra coisinha advinda de trailers de eventos como a E3 ou coisas da internet. A história é bacana e acompanhar Luca durante os anos que ele passa se aventurando por aí é bem interessante, pelo menos pra mim que não tem relação alguma com locais, referências, monstros ou conceitos daquele universo, mas que tenho curiosidade de explorar as coisas junto do personagem principal da animação.

 Já me deixe também falar sobre a dublagem que ficou boa, e me deixou dentro de tudo que acontecia sem destoar os maneirismos, ou modo de falar dos personagens em sua língua natal. Termos e nomes para mim não soaram ruins e eu gostei das coisas que aprendi ouvindo tudo no bom e velho pt-br.


Mas nada disso me chamou a atenção depois que acabei de assistir. Estou aqui escrevendo este texto imediatamente depois de ver Dragon Quest: Your Story. Ele tem um fator que me surpreendeu, lá em seus 45 do segundo tempo, quando o vilão finalmente é derrotado e tudo se colocava a caminho do final feliz da saga de Luca. Por isso, avisei lá em cima sobre Spoilers. É realmente algo inesperado...

[DESCRIÇÃO] A grande ameaça que permeava o mundo foi selada pela espada Zaneciana, lançada pelo filho de Luca, esse sim o herói da luz que profecias antigas esperavam,e enquanto o menino caia de volta para os braços de Luca, tudo a volta do personagem para subitamente, pessoas, vento, tempo, tudo para e um enorme pilar cinza desce, com ele um ser (que na primeira impressão poderia ser o mal que todos sempre falavam, e o visual corrobora pra isso), mas ao invés de palavras ameaçadoras ou de gratidão maldosa, o ser começa a dar comandos que, pessoalmente eu não havia entendido inicialmente, porque são sem contexto com o que você havia visto até aquele momento, mas segundos depois, assim como o personagem, atordoado com aquilo e vendo tudo se desfazer de maneira cinza, deixando somente Luca e o misterioso ser numa realidade branca e vazia. Somos finalmente confrontados com o que aquilo é: um vírus.


Nosso aventureiro Luca, não é nada mais que um jovem que estava jogando Dragon Quest, num aparato tecnológico de realidade virtual, bem interessante visualmente diga-se de passagem, aí então temos um flashback, mostrando o jogador iniciando sua aventura, enquanto o vírus dentro do jogo se justifica, ridicularizando a aventura e toda história que (como agora sabemos, jogador) viveu até aquele momento. Com uma mensagem direta ao jogador: Vê se cresce, babaca! Luca é a última resistência, a última coisa que sustenta aquela realidade.

E foi aí que me surpreendi.

Ver as cenas do jogador na frente da tv no mundo real, jogando os jogos num Super Famicon, depois mais velho segurando um controle claramente de Playstation, enquanto confronta no jogo, com todas as suas forças o vírus, dizendo sobre o valor que aquelas histórias têm para ele, que mesmo sendo dados, mesmo sendo informações contidas num cartucho/cd/dvd/bu-ray ou que quiser, aquilo, para ele foi/é real, foram/são horas reais e as aventuras, aliados e perdas foram/são sentidas.

Aquilo me acertou no estômago, me fazendo lembrar dos dias que ia para a ENAJE Games (saudade), e jogava Final Fantasy 7, em que acompanhei Cloud e Cia tentando salvar o mundo, e como quilo foi mágico e real pra mim... Todo aquele sentimento foi evocado nesse momento e, sem pieguice, eu me coloquei do lado de Luca, ali. Ao receber a última benesse e finalmente expurgar o vírus, restaurando o jogo e tendo seu merecido e consciente final feliz.

O grande trunfo de Dragon Quest, é a sua história com os Jogos, jogos com J maiúsculo. A SUA (você mesmo, lendo agora) ligação com mundos tão distintos, personagens únicos e eventos fantásticos, horas e horas junto daqueles seres que se tornam parte de sua realidade, tanto quanto você é para os personagens por meio de suas ações. Se você tem os jogos da série como referência, você tem um monte de coisas que vão aparecer e te fazer rir, chorar ou sentir saudade.


Se você, assim como eu não tocaram jogos da franquia, esse momento metalinguístico recompensa. E mesmo quem não tem relação alguma pode se divertir com a história, que na minha visão é simples (talvez um pouquinho corrida demais para um longa) e traduz bem o que é uma história de RPG clássico como Dragon Quest é.

Dragon Quest: Your Story, é uma animação competente, com uma história simples mas que não deixa de ser divertida e que sabe pra quem está sendo contada. E que independente de franquias, marcas, consoles ou preferências pessoais, também de forma lúdica é minha, sua e a história de todos que já jogaram RPGS, ou mesmo Jogos, com J maiúsculo.

Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/

domingo, 16 de fevereiro de 2020

Quem venceu o Crunchyroll Anime Awards ?


Ontem (15/02) à noite, numa transmissão direta do canal da Crunchyroll no Youtube, aconteceu  o Crunchyroll Anime Awards, e vamos trazer aqui, sem mais delongas a lista dos vencedores das dezessete categorias da premiação. Deixe sua opinião sobre os indicados e sobre os vencedores. Se você gostou e achou justo ou acha que tem algum anime que não mereceu estar nem nas indicações. Deixe nos comentários aqui em baixo. Bora conferir!

Melhor Abertura: 99.9, de Mob Psycho 100 II

Melhor Encerramento: Chikatto Chika Chikaa S2, de Kaguya-sama: Love Is War

Melhor Dublagem em Japonês: Yuichi Nakamura, como Bruno Bucciarati de Jojo's Bizarrre Adventure: Golden Wind

Melhor Design de Personagem: Hiroyuki Asada (Satoshi Iwataki, de Dororo)



Melhor Diretor: Tetsuro Araki e Masashi Koizuka, com Attack on Titan

Melhor Trilha Sonora: Mocky, de Carole and Tuesday

Melhor Cena de Luta: Tanjiro e Nezuko vs Rui, de Kimetsu no Yaiba

Melhor Anime de Comédia: Kaguya-sama: Love is War



Melhor Anime de Drama: Vinland Saga

Melhor Anime de Fantasia: The Promised Neverland

Melhor Casal: Kaguya e Miyuki, de Kaguya-sama: Love is War



Melhor Garoto: Tanjiro Kamado de Kimetsu no Yaiba



Melhor Garota: Raphtalia, de Tate no Yuusha no Nariagari



Melhor Antagonista: Isabella, de The Promised Neverland



Melhor Protagonista: Senku, de Doctor Stone



Melhor Animação: Mob Psycho 100 II

Anime do Ano: Kimetsu no Yaiba

 

Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Quase Semi Profissional - Unboxing Pokémon Espada e Escudo

Mais um unboxing aqui no Quase Semi Profissional, hoje do pack de pré release de Espada e Escudo, set de Pokémon TCG que chegou recentemente nas lojas. Fizemos este unboxing na Monster Games, no dia do pré release, dia 07 de fevereiro se não me engano. Esperamos que gostem do resultado, já avisando que tem alguns sons externos e que tentamos aqui mexer os pauzinhos para manter a qualidade da gravação num nível aceitável. No mais, chega aí pra conferir estes pokémons de boosters! (porque eles são monstros de bolso e boosters hahaha... desculpem pela piada ruim!) Monster Games - https://www.facebook.com/Monstergamessalto/ Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/ Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/


quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

Amarre Seus Sapatos... (ou dois centavos sobre Jojo Rabbit)

(TEM SPOILERS, se quiser continuar, será por sua própria conta e risco, no mais: seja bem vindo!)


Jojo Rabbit é um filme de 2019 (outubro ou novembro do ano passado), que conta um trecho da vida de Johannes Betzler, um garoto de 10 anos, vivendo sua vida na Alemanha no final da segunda guerra mundial. Ele tem pouquissimos amigos (dois por contagem oficial e em ordem crescente: Yorki, um garoto com a mesma idade de Jojo e Adolf Hitler (interpretado pelo diretor do filme Taika Waititi), e que no momento que o conhecemos, está iniciando sua jornada pela Juventude Hitlerista.

Desde o inicio do filme Jojo tende a reafirmar sua posição no mundo que vive, suas ideias e ideais segundo sua visão de criança no meio daquilo tudo, seja a frente do espelho, ou seja pelo Hitler imaginário, que o aconselha, o anima e o relembra sobre o dever com o país. O filme não se contém ao mostrar a figura de Hitler como algo desvairado e totalmente desconectado com a realidade a volta dele mesmo e do próprio Jojo, cheio de trejeitos carregados e conselhos cada vez mais estapafúrdios, ou mesmo sendo colérico quando a duvida cresce dentro do garoto; que vai aos poucos, com a sequencia de acontecimentos, reconsiderando e se perguntando qual o real valor da ideologia nazista e das crenças a sua volta.

Uma galeria de personagens com as mais variadas maneiras de ver a situação do regime, é exposta a Jojo e a nós, desde os fanáticos, aos desesperançosos, os paranoicos aos fidelíssimos, mostrando de certa maneira o quão ignorante e cego é o texto e contexto nazista, isso em meio a boas piadas e sacadas que ilustram justamente isso, a desconexão com a realidade e a necessidade daquelas pessoas em confiar em toda aquela fantasia de superioridade e força naquele momento.


Um detalhe, que talvez não seja um detalhe, já que é explorado várias vezes durante o filme, é que Jojo não sabe amarrar seus sapatos, mais de uma vez esse elemento aparece, a mãe de Jojo (interpretada por Scarlett Johansson) sempre om um sorriso no rosto, amarra os sapatos dele fazendo algum comentário pertinente. Essa personagem vê o filho imerso na ideologia, e a sua maneira tenta sempre trazer um pouco de clareza e da sua visão de mundo sobre o conflito, sobre as dores e sobre como a luta não tem glória e como a vida deveria ser celebrada, não literalmente levada a ferro e fogo.

Toda a trama se desenvolve com esse menino que tenta se apegar às suas crenças, a falta da figura paterna (materializada no amigo imaginário) e a descoberta de uma jovem judia chamada Elsa (interpretada por Thomasin McKenzie) , que traz um peso na medida certa e mostra que os monstros que somos ensinados a temer, talvez não sejam os verdadeiros monstros. Há uma descoberta sobre amor, há a dor da perda e todo processo de um garoto entendendo e crescendo com o final da guerra e colocando coisas que realmente importam como prioridade.

Os sapatos desamarrados que permeiam todo o filme são em sua maioria de Jojo, e isso é uma interpretação minha a esse simbolo, que está envolto por toda fumaça criada pela crença de um garoto de 10 anos pela pátria e todo blá blá blá que o acompanha, a sua mãe sempre vem e amarra os sapatos dele, tentando pôr sua perspectiva sobre tudo tentando ligar as coisas dentro do garoto, lhe dando duvidas para que se questione e que sua visão mude.


Durante as descobertas sobre Elsa, seu envolvimento com ela e depois da morte da mãe (enforcada por traição), a invasão da cidade pelas tropas aliadas... Tudo isso deixa uma marca profunda e ele finalmente se liberta do pensamento e começa a ver os verdadeiros tons das pessoas a sua volta, desde seu amigo Yorki, que é alguém que se conforma segundo a situação vigente e vai levando sua vida, os adultos a volta dele, Elsa e ele mesmo. E aí, depois dele se olhar no espelho novamente e sabermos que se passaram seis meses desde o inicio do filme da mãos dadas a Elsa na porta de sua casa ele vem e amarra os sapatos da jovem e toma a frente abrindo a porta e mostrando a ela um novo mundo.

Amarrar os sapatos é um sinal fisico da liberdade de Jojo, que ele está desvencilhado da doutrina que o envolvia e que agora tem sua própria visão de mundo e que ele pode naquele momento conduzir Elsa para o exterior de sua casa, se machucar, compreender seus erros e finalmente poder celebrar a vida dançando no fim.

Quantas vezes nós mesmos não deixamos nossos sapatos desamarrados, correndo pela vida e tropeçando em nossas crenças sem nos reavaliarmos, dentro de nossas caixinhas egoístas, sejam sobre nossos gostos ou sobre nosso entorno e por nos deixarmos moldar por esse entorno tóxico e não sermos mais combativos contra coisas que cremos. Jojo Rabbit é um bom filme, que me levou a escrever esse texto depois de muito tempo sem escrever e depois de pensar e repensar sobre meus próprios cadarços. É uma mensagem bem humorada, sem desrespeitar o momento histórico que o filme retrata, mostrando que pode ser bom rever nossos conceitos, no micro e no macro da vida.

Tente amarrar seus sapatos... e viva com isso.

Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

Um Encontro Geek e Um Evento Ituano

A mais ou menos uma semana, na data de publicação desse vídeo, aconteceu um encontro muito bacana aqui em Itu, com algumas boas noticias e um clima bem legal. Chega mais para conferir o que rolou!



Links Interessantes: CaipiraCon no Facebbok - https://www.facebook.com/caipiracon/ Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/ Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020

O Cinema Em 2020 - Fevereiro



Finalmente fevereiro chegou e com ele o carnaval, e com ele também (não necessariamente nesta ordem) mais um vídeo sobre o cinema em 2020! Chega mais conferir sobre aquele filme maroto!
Links Interessantes:
365 Filmes - https://www.facebook.com/365filmes/
Deh Barbosa - @bicho_de_estante
Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/



sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

Tudo Muda Muda Muda Muda....

Chegamos ao fim do mês de janeiro, pensando em mudanças, talvez sem realmente encontrá-las, mas a caminho de conseguir pensar no primeiro passo até elas. Isso não quer dizer que o foco do assunto não mude a cada quinze segundos, que os olhos não mudem de um lado para o outro e quase nunca encontrem a câmera e que até o caminho mude no meio. Mudanças.

Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/




Novo trailer de Final Fantasy 7 mostrando mais detalhes!

(CUIDADO! ESTE POST PODE TER SPOILERS ENVOLVENDO FINAL FANTASY 7!)
caso não tenha jogado, aproveite para jogar! Depois volta aqui ^^b

Um novo trailer foi disponibilizado mais um trailer de Final Fantasy 7, que está aqui embaixo, mostrando muitos detalhes interessantes e momentos bem bacanas que estão sendo revisitados e outros novos momentos e elementos que estão sendo introduzidos. Assistindo o trailer, vemos momentos como a queda do Sector 7, mostrando mais da cúpula da Shinra e a frieza nas decisões da companhia. Um novo personagem espadachim aparece, parecendo bem animado ao encontrar os personagens e parece ser um rival a altura de Cloud e cia.
Algo que me surpreendeu foi a cena do Bee Inn, que no game original, pelo menos para mim e na minha humilde opinião é bem an-passant, mas na nova versão é esplendorosa (e confesso me deixando bem feliz com esse momento inusitado do trailer.
Novas batalhas são mostradas e alguns Summons aparecem, destaque para o Choco-Mog que é muito bonito na nova versão e todo fofinho, bem massa. Outro inimigo icônico, Jenova, também aparece e um pouco de sua batalha é mostrada, que em certa medida é interessante porque se vê mais interações de outros personagens como Aerith e Tifa, além dos já mostrados em ação anteriormente Cloud e Barret.

Bem, esse foi um texto curto tentando pincelar alguns momentos legais, mas deixando ainda algumas cenas interessantes para seus olhos. Não deixe de trazer sua opinião sobre o novo trailer aqui embaixo ou em qualquer uma de nossas redes sociais que também estarão aqui. Então é isso, sejam bonzinhos, bebam água, façam exercícios quando puderem e bye!


A versão japonesa do trailer 


A versão americana do trailer

Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/

Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/

sábado, 25 de janeiro de 2020

Cabine Ocupada #??? - Era Uma Vez, Uma Cabine Ocupada...


Sejam muito bem vindos a mais um Cabine Ocupada, em fora de seu tempo-espaço, para indicar HQs nacionais, em tempo para comemorar o dia do quadrinho nacional (30 de janeiro) e dar um recadalho do carilho muito do bacana! Chega mais conferir!

Links Interessantes:
http://www.catadoresdereliquias.com.br/2020/01/dia-nacional-dos-quadrinhos-tera.html
Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/
Twitter - https://twitter.com/cdr_podcast



sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Quase Semi Profissional - Unboxing Theros Além Da Morte (esse tem caixa!)

Sejam muito bem vindos e cheguem mais perto para ver o que saiu de bom e não tão bom assim no pack de pré release de Theros Além da Morte. Lembrando que o pré release acontece nos dias 17, vulgo hoje caso esteja vendo este vídeo em sua data de lançamento, e 18 de janeiro.


Caso tenham alguma dúvida sobre algum card mostrado durante o unboxing, ou alguma correção sobre algo que foi falado aqui também, não sejam tímidos e deixem seus comentários abaixo.

Monster Games - https://www.facebook.com/Monstergamessalto/
Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/
Twitter - https://twitter.com/cdr_podcast








quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

Luz! Câmera! Claquete! ... Fuja do Seu Destino!


 O THEROS INTERNATIONAL FILM FESTIVAL

Próximo ao lançamento oficial de Theros: Além da Morte, nova coleção de Magic: The Gathering (MTG) que chega em 24 de janeiro, a Wizards of the Coast promove um concurso para premiar a criatividade dos fãs do mais tradicional card game do mundo. Até 22 de janeiro, interessados em participar do “Theros International Film Festival” só precisam gravar vídeos de até 15 segundos com a temática “Fuja do seu Destino” e enviar para o e-mail MagicCommunityTeam@wizards.com.
Os vídeos devem estar em formato MP4 ou MOV e identificados com o nome completo do participante, endereço, e-mail e telefones para contato durante o dia e noite. Cada pessoa só pode participar uma vez e caso envie mais de um arquivo apenas o primeiro será considerado.    
O tema de “Theros International Film Festival” foi inspirado na história da planeswalker Elspeth que, na nova coleção “Theros: Além da Morte”, escapa do seu destino no submundo de Nyx. Uma comissão da Wizards of the Coast irá avaliar os vídeos pela criatividade dos participantes, que podem usar a imaginação livremente, desde que se atenham à temática do concurso.  
Os dez melhores vídeos na opinião dos julgadores serão premiados, sendo os quatro primeiros com uma estatueta customizada do planeswalker Ashiok, um dos personagens principais de Theros Além da Morte, um kit com um set foil de Magic, uma booster box selada, dez collector boosters e dez códigos para o Magic Arena, todos da nova coleção. Já os que ficarem entre a quinta e décima colocação receberão um set brilhante, uma booster box selada, cinco collector boosters e dez códigos para o Magic Arena, também da coleção.

Quase Semi Profissional - Unboxing Sem Boxing De Theros Beyond Death


Como e quando dá, fazer aquele esquenta pra um pré release é bacana e bem legal de se fazer, então foi o que fizemos, mais uma vez nos aventuramos pelo site mtgen e "abrimos um pack de pré-release pra brincar". Chega mais e vem conferir o que veio de bom e de ruim nesse rolê virtual.

Recado aqui: Não deixe de ir no pré release de Theros Beyond Death numa loja próxima de sua casa, na sua cidade ou na cidade vizinha, aqui do meu lado temos a Monster Games por exemplo, se você mora em Itu, Salto, Cabreúva e proximidades, o link da página deles vai estar aqui embaixo.

Bom pré release a todos e fica liado que sexta-feira tem aquele Unboxing batuta. Inté!

Monster Games (no Facebook) - https://www.facebook.com/Monstergamessalto/
Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/
Twitter - https://twitter.com/cdr_podcast



segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

Dia Nacional dos Quadrinhos terá “encontro geek” em Itu seguido de exibição de documentário


No Dia Nacional dos Quadrinhos, quinta-feira, 30 de janeiro, a partir das 18h, a Prefeitura de Itu irá realizar um encontro na Praça da Matriz para reunir o público jovem da cidade. O local abrigará um espaço confortável para falar de quadrinhos, cosplay, boardgames, RPG, música K-Pop e outros elementos do “universo geek”.
A reunião contará com participação especial dos organizadores do CaipiraCon, que irão aproveitar a abertura do encontro para anunciar oficialmente o evento geek que irão realizar em maio, também em Itu. O CaipiraCon, realizado oficialmente pela editora FoxTablet, conta com apoio da Prefeitura de Itu, e a participação voluntária de dezenas de jovens de Itu e região.
Após anúncio oficial do CaipiraCon, haverá mesa redonda com profissionais de quadrinhos e praticantes de cosplay para debate aberto sobre o estado atual desse universo e suas possibilidades no interior de São Paulo. A mesa redonda contará com a presença de Pedro Mauro, quadrinista e ilustrador de renome internacional, Adriana Moreira, quadrinista, ilustradora e professora de desenho e mangá, André Roedel, jornalista e crítico de quadrinhos, Ryu Cenobita e Hatsuki, Cosplayers, e Jean-Frédéric Pluvinage, diretor da editora FoxTablet e organizador do evento geek CaipiraCon.
No final, o público será convidado a entrar na reformada Casa da Praça, para ver artes realizadas por crianças do bairro Vila da Paz, e também para participar de uma feira de trocas de gibis. Os participantes da feira de trocas também poderão doar gibis para ajudar na criação de uma gibiteca da Biblioteca Municipal de Itu.

Novo ponto de exibição em Itu


Já no dia seguinte, sexta-feira, 31 de janeiro, na Casa da Praça em Itu, às 19h, haverá a estreia de um novo ponto de exibição de filmes em Itu. Esta nova cinemateca que ainda definirá seu nome irá iniciar suas atividades com a exibição de um documentário voltado aos quadrinhos, “Sobrou alguma coisa no tinteiro? Vida e obra de Eugênio Colonnese”.
Trata-se do primeiro documentário sobre a vida e obra de Eugênio Colonesse. Nascido na Itália em 1929, mudou-se para a Argentina em 1946, onde construiu uma rápida e fulgurante carreira em revistas como “El Tony”, “Hora Cero” e “Misterix”. Na Argentina conheceu os artistas Osvaldo Talo e Rodolfo Zalla. Os três imigraram para o Brasil no início dos anos 60 e ajudaram a construir o período mais fértil e criativo dos quadrinhos brasileiros.
Produzido pelo premiado cartunista Marcio Baraldi, fã e amigo de Colonnese, o filme reconstrói a vida do artista desde o princípio, através de depoimentos de familiares, amigos, artistas e editores como Rodolfo Zalla, Álvaro de Moya, Rubens Lucchetti, Gonçalo Junior, Franco de Rosa, entre outros.




A sala de exibição tem limite de 30 lugares sendo que as vagas devem ser adquiridas uma hora antes do evento no próprio local. Haverá também sorteio de livros e DVDs para os participantes.

Encontro Geek
Dia 30 de janeiro, 18h. 
Praça Padre Miguel - Centro, Itu.

Documentário ““Sobrou alguma coisa no tinteiro?” 
Diretor Marcio Baraldi. Ano: 2019
Duração 90 minutos - Censura 16 anos
Dia 31 de janeiro, 19h (retirada de ingresso uma hora antes). 
Casa da Praça, Praça Padre Miguel, 56 - Centro, Itu.

domingo, 12 de janeiro de 2020

Mais um Recado Quase Semi Profissional Na Monster Games!

Chegamos para avisar que Theros Além da Morte está chegando e com ele vem também aquele pré release bacana e batuta para conseguir aquelas cartinhas marotas para seus decks e jogar umas partidas emocionantes! Se liga nesse recado e chega mais para esse Pré Release Topissimo!

Informações Importantes:

Monster Games (no FB) - https://www.facebook.com/Monstergamessalto/
Telefone para contato - 11 9 4521 9428

Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/
Twitter - https://twitter.com/cdr_podcast




sexta-feira, 10 de janeiro de 2020

O Cinema Em 2020 - Janeiro

Estamos de volta para falar sobre cinema no Catadores de Relíquias, junto com a Débora Barbosa, vamos comentar sobre o que tem de interessante nas salas de cinema este mês. Bora lá!

A lista que estamos usando vem da página 365 Filmes. O

Links Interessantes:

365 Filmes - https://www.facebook.com/365filmes/?tn-str=k*F


Deh Barbosa (no Instagram) - @bicho_de_estante


Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/
Twitter - https://twitter.com/cdr_podcast








sexta-feira, 3 de janeiro de 2020

CDR Sobre Frozen 2

Um vídeo improvisado para contar as minhas impressões, pós sair da sala de cinema, sobre o filme. É bom? Ruim? Muda muita coisa? Emociona? Chega mais e confira a primeira indicação do ano! Bora lá!

Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/
Twitter - https://twitter.com/cdr_podcast







Quase Semi Profissional # 18 - Sobre Jumpstart!

Uma coleção voltado para um jogo mais rápido e prático de se acessar, Jumpstart tem uma premissa interessante, podendo atrair jogadores nov...