terça-feira, 31 de março de 2020

Cabine Ocupada #427 - Sobre Rayman e O.O

Mais um dia e mais um Cabine Ocupada para falar sobre um jogo bem bacana e que atravessou as eras da história dos videogames e que não é tão lembrado assim. Além de um recadinho e O.O

Chega mais!

Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/


QUENTINHO! Jogos Gratuitos em Várias Plataformas!


Para nossa alegria, mais alguns jogos se tornaram gratuitos em várias plataformas de jogos, sem mais delongas vamos ver o que temos hoje de bacana.Chega mais!

Na UPlay temos Rayman Legends, segundo jogo de Rayman usando a Ubi Art, engine gráfica desenvolvida pela Ubisoft e que eleva o nível das animações e cores na tela, deixando tudo tão bonito e fluido, mesmo com mil coisas na tela. Rayman Legends é um jogo muito divertido, tem multiplayer local e online até 4 jogadores e fica gratuito até o dia 3 de abril.


Na Steam, temos One Drop Bot, jogo de plataforma e puzzle. Vou deixar abaixo o trailer do jogo:


Na Microsoft Store temos Worms Battle Wormageddon, que é um porte mobile do clássico jogo Worms (e que assusta pelo quanto "economizamos" quando obtemos o jogo, dê uma olhada e deixe sua opinião sobre) e Fecth, um jogo que parece ser bem bacana. (trailer abaixo de Fetch)


Então é isso! Pegue jogue, se cuide, em casa e diga se puder: quais jogos seriam interessantes para aparecerem de graça nesses tempos de isolamento. Abraços virtuais pra vocês!

Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/
Twitter - https://twitter.com/cdr_podcast

sábado, 28 de março de 2020

Cabine Ocupada #425 - Sobre Speedruns no Youtube

Vídeo de hoje falando sobre um passatempo que eu achei interessante: ver speedruns no Youtube. Ah é tem recadinho também mas é rápido! Lembrem-se de ser bonzinhos, de beber água, de não sair de casa, de fazer exercícios quando puder e que o tio ama vocês (essa foi de bônus mesmo). Bora e chega mais!

PS: Muito obrigado a todos que me dão dicas, me auxiliam e dão dicas de pauta.Tendo sido citados ou não. Vocês são incríveis!

Devs React to Speedruns, do canal IGN -
https://www.youtube.com/watch?v=gA8lOaxgNi8&list=PLraFbwCoisJA6eO7VSWtUqLaIFBQq4PCv

Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/
Twitter - https://twitter.com/cdr_podcast



BREAKING NEWS! Mais Jogos gratuitos pela STEAM


Num post do Facebook  da comunidade Steam Brasil, surgiu uma lista de jogos sendo oferecidos gratuitamente pela Steam (link abaixo). No post são por volta de quatorze jogos e dlcs de alguns outros jogos. Para obter os jogos é simples: você tem de estar logado na Steam e achar o jogo que quer adquirir. Pode ser clicando mesmo nos links dentro do post ou mesmo buscando um a um pela ferramenta de busca da própria plataforma da Steam.

Ao estar na página do jogo, só clicar em adicionar a biblioteca  e o jogo é seu. Não é necessário baixar o jogo. Somente clicar no botão citado antes já habilita o jogo para sua conta  e biblioteca Steam.

Se divirtam e continuem bem. Inté!

Post na Comunidade Steam -
https://www.facebook.com/comusteambrasil/posts/2629582477151234

Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/

sexta-feira, 27 de março de 2020

Cabine Ocupada (Honorária) #425 - Sobre Card Games e Datas

Mais um dia e mais um Cabine Ocupada (escrito, tudo bem) para vocês!


Vocês estão bem? Estão tranquilos, seguindo a rotina ou fazendo coisas interessantes e criativas nesta quarentena? Estão lavando as mãos? Muitas perguntas e muitas expectativas nessa situação que nos encontramos. Como não pude fazer um Cabine Ocupada por problemas técnicos, venho eu aqui com um textão. Espero que gostem. Chega mais!

E hoje quero trazer datas de lançamentos daqueles joguinhos de cartas que tanto gostamos. E já vamos começar com Pokemon, que vai lançar oficialmente e simultaneamente com os Estados Unidos (aqui no Brasil Pokemon TCG é publicado pela Copag) a edição Rixa Rebelde, a segunda edição do bloco Espada e Escudo. Trazendo novos Pokemons V e VMax novos em 1° de Maio de 2020, com novos produtos no mercado.


E na parte do Magic temos novas datas para o lançamento de Ikoria: Lair of Behemoths, tanto no online com o Magic Arena quanto o pré release. Os spoilers da coleção começam a aparecer no dia 2 de Abril, indo até o dia 10 de Abril. Uma semana depois, no dia 16 de Abril teremos o lançamento de Ikoria no Magic Arena e Magic Online. No dia 17 de Abril a edição é lançada na Ásia.

No dia 15 de Maio,praticamente um mês depois, Ikoria: Lair of Behemoths é lançado fisicamente para América do Norte, Europa, e América do Sul. A espera vai ser grande mas as expectativas também estão altas com as novidades que pingam aqui e ali, por Mark Rosewater no Twitter.


E é isso...!
Datas reagendadas e logo menos começam a pipocar novas cartinhas para encher a imaginação dos jogadores pelo mundo com novos baralhos bacanudos. Espero que tenham gostado, mil desculpas pelo inconveniente. Eu do meu lado vou continuar a jogar alguns bons joguinhos do Game Boy Advance no meu PSP, que falei aqui mesmo no Cabine Ocupada (link abaixo), e manter o máximo de tempo no distanciamento social. 

Sejam bonzinhos, bebam água, façam exercícios quando puderem, lavem as mãos e fiquem em casa o máximo que puderem... e BYE!


Cabine Ocupada Anterior:
http://www.catadoresdereliquias.com.br/2020/03/cabine-ocupada-424-sobre-ressuscitar-um.html

Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/

Momodora: Reverie Under the Moonlight Até Crasha!

Sejam muito bem vindos!



Depois de muito tempo o Catadores de Relíquias volta com seus gameplays indo ao infinito e além (mentira, jogamos certinho e até morremos uma pancada de vezes) desta vez com Momodora: Reverie Under the Moonlight, que já teve vídeo falando sobre a série Momodora, daquele jeito Quase Semi Profissional (link abaixo). Então sem mais delongas, pegue um lanchinho e chega mais! No Blog - http://www.catadoresdereliquias.com.br/2020/02/quase-semi-profissional-19-momodora.html Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/ Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/ Twitter - https://twitter.com/cdr_podcast


BREAKING NEWS! A Banca da Mônica Vem Aí!


Um pacotão de mais de 188 quadrinhos clássicos da Turma da Mônica estarão sendo disponibilizadas por meio de um app chamado Banca da Mônica, cujo link está aqui embaixo. O app disponibiliza quadrinhos e graphic novels para compra e leitura em dispositivos iOS e Android. Devido a situação de quarentena, esse pack de quadrinhos estará sendo disponibilizado gratuitamente até dia 25 de abril, o que dá mais ou menos um mês para ler e se divertir com as historinhas de Mônica e companhia.

Banca da Mônica na Google Play - https://play.google.com/store/apps/details?id=air.br.com.mauriciodesousa.caixadequadrinhos&hl=pt_BR

Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/

quinta-feira, 26 de março de 2020

Cabine Ocupada #424 - Sobre Ressuscitar Um Portátil (video embutido de s...

Mais um dia e mais um Cabine Ocupada trazendo de volta a vida um dos meus portáteis mais judiados. Além de esquecer palavras que dão coesão ao vídeo e de todos os vizinhos resolverem sair na hora da gravação. Desgurpe o inconveniente e chega mais!

Pra não esquecer:
1 Sejam bonzinhos
2 Bebam água
3 Lavem as mãos
4 Fiquem em casa
5 Façam exercícios quando puderem

Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/
Twitter - https://twitter.com/cdr_podcast


quarta-feira, 25 de março de 2020

Cabine Ocupada #423 - Sobre Começar Gwent

Gwent tem uma porta de entrada bem estreita e que melhora depois que você começa a conhecer mais sobre o jogo, suas mecânicas e lore. Eu tentei mal e porcamente explicar algo sobre. Espero que tenha conseguido. Chega mais!

YGOPro - https://ygopro.org/downloads/
Pokemon TCG Online - https://www.pokemon.com/br/pokemon-estampas-ilustradas/jogar-online/baixar/
Magic Arena - https://magic.wizards.com/pt-br/mtgarena
Gwent - https://www.playgwent.com/pt-BR

Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/
Twitter - https://twitter.com/cdr_podcast


Dois Irmãos, Uma Aventura e O Que Nos Leva Pra Frente

(SPOILERS! ESTE TEXTO TEM SPOILERS E CASO QUEIRA SE ESQUIVAR COM SUCESSO, TRATE DE ASSISTIR O FILME, MUNIDO DE UMA BOA PORÇÃO DE PIPOCA, DEPOIS CHEGA MAIS!)


Dois Irmãos: Uma Aventura Fantástica acontece num mundo onde existia magia, e seres fantásticos habitavam e usavam a magia para ajudar quem necessitava. Até que a tecnologia chegou, facilitando as coisas ainda mais e substituindo a magia, que precisava de dedicação e um tanto de talento. E nesse mundo moderno cheio de carros, autoestradas, celulares e coisas que temos também cotidianamente que se desenrola a aventura do titulo, tendo como protagonistas Ian (com a voz de Tom Holland) e Barley (com a voz de Chris Pratt) que no aniversário de 16 anos de Ian ganha um cajado de seu pai já falecido, com uma mágica que poderia trazê-lo de volta por um dia. Após algumas confusões Ian consegue trazer, metade, de seu pai  e ele e o irmão correm contra o tempo a fim de trazer o pai de volta antes do tempo da magia terminar.


Engraçado pensar que pelo menos, isso por cima porque sou meio ruim em projeções, setenta por cento do filme é sobre a busca pela pedra que pode trazer o pai dos irmãos elfos de volta, e é bacana ver tudo isso, ver as magias e a lógica por trás delas, os caminhos e as escolhas de cada irmão e a visão de cada um sobre o que estão fazendo. Mas dentro disso, recheando aqueles mais ou menos quarenta por cento (setenta mais quarenta não dá 100, mas é nessa pegada) tem algo sobre relações: sejam deles com o pai e as pouquíssimas lembranças que tem dele, sobre a relação entre os irmãos e separado mas bem colocado aqui, a relação entre Ian e Barley.

Ok, você repetiu um dos itens.

É e não. 

Deixe me explicar: diferente da relação que estamos acompanhando DURANTE o longa, numa certa parte, sendo o que vira a história para o terceiro ato. Ian percebe que todos os planos que tinha para fazer em sua lista de coisas para fazer com seu pai e que ele riscava de maneira triste e melancólica tinham sido cumpridos. Cada item da lista perpassa a aventura dos dois até ali e além, Barley esteve com ele nos bons e maus momentos, sempre incentivando o irmão a ser alguém melhor. Barley aparece e até essa parte é alguém que tem uma paixão pela antiguidade do mundo, jogando jogos de interpretação de personagens e decorando o livro de regras, passando seu conhecimento "antigo" para Ian. O próprio Ian tem uma imagem enviesada do irmão, até aquele momento alguém sem rumo.

E essa última frase é o que liga as duas relações, a do presente que observamos e o passado dos dois.

A maneira com que o filme trata essas relações é bem legal de se ver, como o mundo abandonou a magia por comodidade e a facilidade da tecnologia e com isso deixa de ver suas próprias possibilidades. De como tem pessoas na vida da gente que sempre estão lá nos dando apoio, sempre nos incentivando e não percebemos. Mas tem uma coisa que percebi exatamente por observar essas coisa no filme. Ele é simples.


Não é feio, nem um pouquinho e muito menos deixa de ser inventivo e de surpreender com algumas coisas mundanas, como Guinnever, a van de Barley e seu voo rumo a Vahalla. Mas ele faz o básico que a Pixar sabe fazer. Acho que seria essa a ideia que eu quero passar aqui. É um filme bonito, tem seu toque Pixar que nos faz pensar, mas ele roda, roda, roda, pra dar uma solução lá no inicio. E apesar da crítica, é um filme que você pode ver equipado com seu balde de pipoca e deixar os pequenos sentados viajando neste mundo que está redescobrindo a magia, de ser quem se é.

Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/


terça-feira, 24 de março de 2020

Cabine Ocupada #422 - O Sol, A Água, A Comida e Cartinhas Virtuais (não ...

Nesses tempos de reclusão e de trabalho em home office algumas coisas passam despercebidas, algumas delas bem essenciais pra você ficar bem nesse momento de quarentena. Pulando de galho em galho eu falo sobre isso e um pouco em mais um Cabine Ocupada cheio de sons e ruídos e coisinhas afins. Chega mais!
Beba água Tome sol Coma na hora certa Se exercite e lave a mão Fica em casa que vai dar bom ^^b
Gwent - https://play.google.com/store/apps/details?id=com.cdprojektred.gwent
Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/ Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/


segunda-feira, 23 de março de 2020

Cabine Ocupada #421 - Sobre Jogos Grátis, Parenteses e a Volta

Mais um dia de quarentena e mais um Cabine Ocupada! Sim!
Voltei a fazer o Cabine Ocupada, fazendo algo que sempre gosto que é indicar coisas. Espero que gostem.
Não se esqueçam de lavar as mãos sempre que possível e de sair de casa apenas em grande necessidade! Chega mais!

Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/



sexta-feira, 20 de março de 2020

Quase Semi Profissional - Unboxing do Guild Kit de Selesnya


Numa sexta, nesse tempo de quarentena geral, ficamos em casa para fazer unboxing de um produto não tão conhecido, mas bem bacana que é um Guild Kit (no caso de Selesnya, neste vídeo). Lembrando que é importante, mais que dar um like ou compartilhar o vídeo: se cuide e cuide da sua família nesses tempos. Lavem suas mãos sempre quando possível Bebam água Sejam bonzinhos uns com os outros Façam exercícios quando puderem Fiquem em casa e curtam suas famílias É Noix! Monster Games - https://www.facebook.com/Monstergamessalto/ Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/ Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/


sexta-feira, 13 de março de 2020

Quase Semi Profissional #20 - Yu Gi Oh! Rush Duel

Um vídeo falando um pouco mais sobre o novo tipo de duelo que aparecerá no anime de Yu Gi Oh! e no OCG. Sente-se, lave as mãos depois de pegar um aperitivo e vem saber um pouco mais sobre esse estilo frenético de duelo. Chega mais!


Link do Reddit: https://www.reddit.com/r/yugioh/comments/edkg8j/basic_rules_of_rush_duel/

Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/
Twitter - https://twitter.com/cdr_podcast







quarta-feira, 11 de março de 2020

A Cor Que Caiu do Espaço e a Capa

(ESTE TEXTO TEM SPOILERS, PORTANTO CASO QUEIRA CONFRONTAR OS HORRORES CÓSMICOS DO FILME E DO CONTO, ANTES DE LER ESTE TEXTO, VOCÊ É MAIS QUE CONVIDADO A FAZÊ-LO)


A Cor Que Caiu do Espaço é um filme de 2019, com Nicolas Cage e sendo uma adaptação do conto de mesmo nome, de H.P. Lovecraft, escritor dos Mitos de Ctulhu e do horror cósmico. Muitas vezes as pessoas tem impressões precipitadas sobre uma obra cinematográfica quando ator X ou atriz Y participam do longa. O velho julgar o livro pela capa... Depois de ter visto o filme, ter corrido atrás do conto e de ver algumas resenhas e opiniões de pessoas a quem indiquei o longa, tive a forte constatação que o filme ter Nicolas Cage era a primeira coisa levantada, o ator tem uma reputação de atuações exageradas e alguns bons filmes ruins.

Nicolas Cage não deveria ser o foco.

Ele é o pai da família Gardner, que está morando recentemente numa fazenda nos confins da Nova Inglaterra, se adaptando a uma vida menos corrida, fugindo do caos urbano e da hiper exposição tecnológica comuns hoje em toda cidade grande. São cinco integrantes da família, Nathan Gardner (Nicolas Cage), o pai da família, pintor e atualmente retomando a vida com sua criação de Alpacas, Theresa (interpretada por Joely Richardson), mãe da família e mulher dividida entre as ocupações em seus negócios, agora on line, e a família. A filha Lavínia (interpretada por Madeleine Arthur,e nossa protagonista no inicio da história), adepta de práticas mágicas e um pouco sensível a ameaça que paira sobre o local, o irmão Benny (interpretado por Brendan Meyer), que tenta ser responsável e cuidar dos irmãos, mesmo não sendo tão bem sucedido nisso e finalmente o irmão caçula Jack (interpretado por Julian Hilliard, que aparece também na série A Maldição da Residencia Hill).

Essa família aos seus trancos e barrancos tentam se adaptar a nova realidade, até que uma noite um meteorito cai nas terras dos Gardners, trazendo curiosidade e algo mais...


O meteorito tem uma cor, que não consegue ser descrita por ninguém que a vê, essa cor se entranha na terra e começa a mudar aos poucos a fauna e flora da fazenda, aos poucos os membros da família também são afetados e a influência daquela cor inominável aumenta, trazendo um desespero opressivo, uma desesperança crescente e... Nicolas Cage explodindo.

Não! Não literalmente! 

As coisas começam a sair de controle e tudo que ele estava construindo, sejam as plantações, as alpacas e até sua família, estavam se desfazendo diante de seus olhos por causa de algo que não podia ao menos ser descrito. Algo que não podia lutar contra. E sua explosão de raiva, desalento e frustração foi, pelo menos para mim naquele momento, algo que me aliviou. Sério...

Assistindo o filme até aquele momento (isso já lá pela metade) e tudo indo pelo ralo, enquanto Nathan se continha, sempre pensando positivamente, sempre pensando na família, em estarem juntos, em não repetir os erros de seu próprio pai e toda pressão que a própria cor exercia a sua volta, contaminando sua terra, sua água, sua família... Aquela explosão, por mais que seja a maneira Nicolas Cage, humanizou mais ainda Nathan Gardner.


A cor toma conta dos insetos, de pequenos animais, das alpacas, da grama, das árvores, da água, da mente, das vontades, do coração e das almas dos Gardners e de tudo que eles tinham, e ver esse processo durante o filme é algo muito interessante e visualmente incrível, a cor no filme é traduzida para nós espectadores pelos tons róseos e roxos que vão, cena a cena, tomando conta do lugar e das atitudes dos personagens nessa espiral de loucura. Os sons são colocados para incomodar e demonstrar o deslocamento daquele lugar com a realidade, os silêncios e momentos histriônicos jogados para trazer novas visões do terrível destino dos Gardners.

Os efeitos especiais retratando coisas muito fora do comum são competentes em não nos tirar do clima, sendo ou pontuais ou grotescos o suficientes para reforçar toda a loucura vivida ali.

A Cor Que Caiu do Espaço é um bom filme, uma boa adaptação do conto de Lovecraft, ele tem sua própria maneira interessante de mostrar o horror sem definição, tendo um elenco consistente que cria uma família cheia de falhas e crenças que vão sendo desmanteladas na sua frente... e tem um Nicolas Cage (já que precisamos falar) que se permite ser julgado por sua capa, mostrando um pouco mais de conteúdo no processo. Assista e aproveite.



Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com






sexta-feira, 6 de março de 2020

Cinema em 2020 - Março Sonoro


Voltamos em mais um vídeo (?) sobre o que tem de interessante ou não no cinema em Março sem feriados e sem vídeo (?). Se você não entendeu nada, chegue mais e venha concordar e discordar das opiniões alheias nesse mês de cinema, aqui no Catadores de Relíquias!
Bicho de Estante: @bichodeestante
Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/ Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/


quinta-feira, 5 de março de 2020

Novidades no Front do CaipiraCon!



A primeira edição do CaipiraCon, realizado no CEUNSP, aqui em Itu, abriu as inscrições para o Artist Alley. Você ilustrador, quadrinista e/ou caricaturista deve se cadastrar de 4 de março a 4 de abril, caso queira expor seus trabalhos no maravilhoso CaipiraCon, que acontece no dia  9 de maio (sábado e véspera do dia das mães), das 10h às 19h, com organização da editora FoxTablet.
As inscrições para os artistas são limitadas e serão disponibilizadas 25 vagas. Os interessados devem preencher uma ficha de inscrição pelo link:

http://bit.do/caipiraconartista

ou pelo e-mail: contato@caipiracon.com.br

Com o cadastro aprovado, você terá a oportunidade de divulgar seu trabalho durante o CaipiraCon. O evento vai trazer muita coisa bacana durante o dia todo:  palestras e mesas de debate, desfiles de cosplayers, exposição e vendas de gibis,  K-pop, mesas de RPG, boardgames, campeonato de videogame, além da presença de artistas brasileiros renomados da atualidade.

A entrada é  gratuita, com direito a brinde caso o participante doe gibis infantis para ação beneficente do evento, o público poderá comprar as revistas diretamente com seus próprios autores, bem como tirar fotos, pegar autógrafos e conversar com os artistas.

Mais informações sobre o evento podem ser encontradas no site www.caipiracon.com.br ou nas redes sociais (@caipiracon).

Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/

quarta-feira, 4 de março de 2020

Tomando Banana Splits e a Infância Perdida

(TEM SPOILERS! SE QUISER ASSISTIR O FILME E VOLTAR DEPOIS, EU ESPERO COM UM BANANA SPLIT GELADINHO!)


Todos nós temos coisas que guardamos de nossa infância, sejam brinquedos, ou lembranças de coisas que fazíamos ou brincávamos e coisas que assistíamos na época. Eu mesmo tenho algumas boas lembranças da Xuxa ou de Rede Manchete com o boom dos animes na TV brasileira.
Bem, anos antes dessas coisas acontecerem, lá pelos idos de 1969 existia um programa infantil com um grupo de animais antropomorfizados que tinham uma banda, onde cantavam e dançavam, apresentando entre números musicais desenhos (hoje clássicos e difíceis de se ver por aí) da Hanna-Barbera.

Eles eram Os Banana Splits.

Eles protagonizavam o The Banana Splits Adventure Hour, que durava uma hora (sério) e teve 31 episódios com as aventuras e piadas do beagle Feegle, do gorila Bingo, do leão Drooper e do elefante mudo Snorky. Conversando com pessoas que assistiram e conheceram o programa na época, as crianças gostavam muito do grupo. E era algo que fez um aparente sucesso na época, mas depois de 31 episódios (foi transmitido originalmente de setembro de 1968 até setembro de 1970), muitas estripulias e desenhos, o show acabou para os Banana Splits.

Ou pelo menos era o que se pensava até 2019.

The Banana Splits Movie saiu direto para home vídeo e streaming, sendo uma reimaginação do programa, com uma mudança significativa e que me fez começar a:

1° querer ver o filme
2° saber o porque do filme existir

E essa mudança é: o gênero do filme, que é de terror/horror.

O filme tem a ideia que o programa continuou e faz sucesso até os dias atuais, sendo gravado não mais com atores fantasiados como os animaizinhos, mas com animatrônicos super sofisticados. (talvez você não tenha reparado em nada nessa frase, vou deixar algo claro: são autômatos programados para fazer atividades com crianças e que fora dos shows, ficam zanzando pelos lugares, como numa certa pizzaria com ursos e raposas e galinhas e... vocês entenderam). Uma diferença é o humano que acompanha a trupe mecânica nos programas, o Steve (que declaradamente é tão sem sal que ninguém realmente se importa e ele tem consciência disso, se afogando na bebida pra compensar a situação).


Resumidamente a história do filme é: sobre um menininho que gosta demais, DEMAIS dos Banana Splits e ganha de seus pais uma visita às gravações do programa. Coincidentemente, acontecem algumas decisões no minimo duvidosas e alguns plots bem forçados que transformam nossos amiguinhos em assassinos seriais. E dramas familiares beeeeem passáveis.

Eu queria muito ficar listando todos os furos de roteiro desse filme, juro que queria. Devo confessar que no momento em que você está lendo exatamente esta PALAVRA, eu acabei de apagar dois parágrafos inteiros com furos monumentais do roteiro. Mas o foco não é esse...

The Banana Splits Movie não é excelente, nem ao menos entra na média se você for alguém exigente quanto a filmes que assiste. O filme em si, diverte mais que assusta, tem um clima bacana e os cenários são bem variados, graças à história se passar dentro dos estúdios onde são gravados os programas dos Bananas. Existem mais personagens, que são os alvos dos robôs assassinos. Em sua maioria, personagens que não tem muito peso e quando tem peso eles são desperdiçados. Músicas, roteiro, atuações, estão todas... ok. Mas esse filme me fez ver uma reação não tão incomum por aí. A decepção revoltosa. Aquela reação que vem acompanhada com frases tristes e um toque de nostalgia destruída pelo produto mais recente. Isso aconteceu com Thundercats, She-Ra, com Sonic, e olhando algumas resenhas e opiniões sobre The Banana Splits Movie, com os Bananas.

Eu realmente não imagino como o programa infantil foi se tornar um filme de terror muitas décadas depois e qual caminho foi feito e que conversas aconteceram para criar este filme. Presenciei algumas reações tristes, algumas legitimamente decepcionadas, alguns críticos desgostosos e maldizendo o longa. Entendo que a banda de animais fez parte da infância dessas pessoas e que existem lembranças ancoradas a imagem do grupo. Mas quanto aquela ideia é nossa pelo viés da nostalgia? O quanto nós temos de conceder em favor de releituras de coisas que fizeram parte de nossa infância?


Nossa infância ou lembranças são invioláveis? Nossas nostalgia é sagrada? Apesar de ser um produto bem abaixo do razoável para um filme de terror, The Banana Splits Movie, cumpre o objetivo de divertir. Ele traz elementos do programa de 68, músicas e atrações que fazem quem conhece se sentir feliz revendo aqueles personagens. Mas logo depois da metade ele liga um botãozinho e se transforma no filme medíocre de horror. Ele atualiza e tenta agradar sem ser de fato agradável, quando se leva em conta a qualidade, mas ele é simpático sob as luzes certas (e em algumas erradas também).

Agora imagina só... um filme de terror baseado em Castelo Rá-Tim-Bum?

Email - emailcatadoresdereliquias@gmail.com
Facebook - https://www.facebook.com/CatadoresDeReliquias/
Instagram - https://www.instagram.com/cdr_podcast/

CDR_Live 002 (agora nome oficial)

Vamos conversar um pouco na sexta feira. Aprocheguei-vos e fiquem à vontade. Falamos sobre Marios 3D caros, emulação, Prince of Persia novo,...